No mundo de Sofia

A dor humana, as vezes, não cabe na casa palavra.

Acredito, entretanto, que a palavra pode vir a ser um socorro à alma humana.

Refletindo, escrevemos. E escrevendo, vivemos e conseguimos conviver com a dor.

Por isso escrevo, com Sofia no coração.

De Sofia, lembro da felicidade.

Como carece para nós, adultos, sorrirmos. Como é dificil espiritualizarmos o cotidiano que nos cerca.

Quantas vezes, no grupo Monsenhor Bianchini, que refletia sobre o sentido da vida, ou discutia alguma pergunta “de gente grande e séria”, fomos surpreendidos com: “Já pode comer?”, da pequena. Só não recordo quem era o último a parar de rir.

Feliz quem convive com seres humanos que são a porta aberta para o riso!

Eis o sentido da vida: direcionar a vida para Deus com alegria, sorrisos e felicidade.

Afirmou Bento XVI: “Onde há tristeza, onde morre o humor, aí não está certamente o Espírito Santo, o Espírito de Jesus Cristo. A alegria é um sinal da graça”.

Reconhecer a felicidade em coisas miúdas. Um desafio enorme para quem não tem coração de criança.

E lembro: criança é o que está sendo criado. Quão bom é sentar-se para brincar com uma criança que não tem outra preocupação a não ser o momento presente, sem maiores obrigações.

Quem não gostou tanto das brincadeiras foi Gavião, o cachorro rottweiler de nosso amigo Tiagão. Pois a pequena, com 7 anos, usou-o como montaria. Coisas do mundo de Sofia!

De Sofia, penso sobre ter tempo de abrir-se ao outro.

Outra grande dificuldade do homem moderno: ter tempo para o outro.  

Como podemos saber que novidades o outro pode nos trazer, se nunca vamos ao seu encontro? Nos é mais confortável eliminar aquele que não corresponde as nossas expectativas.

Sofia compreendia melhor quando entrava no mundo do outro, claro, da forma mais inusitada e simples possível.

Jesus, da mesma forma, entra no coração dos que se abrem a Ele. E assim encoraja as pessoas a se mostrar em sua mais sincera verdade. O baixinho Zaqueu, por exemplo.

Afinal, qual será a alegria de quem receberá os presentes doados por Sofia?

Diria o poeta em uma linda canção Eucarística entitulada ‘Canção para Cristo’: “Ir ao encontro dos outros é o segredo pra vencermos a nós mesmos”.

Com Sofia, imagino a eternidade.

Num sábado de sol, partiste.

Recordo o início de um poema do jornalista carioca Giusepe Chiaroni:

“Eu quero voltar pra casa, meu pai.

Quero voltar.

Depois de tanto girar,

Esqueci ou desconheço

O meu primeiro endereço

a luz do primeiro lar […]”

Voltaste a tua Casa, “Sosô”. Voltaste a teu Primeiro Lar.

Através da mesa Eucarística, poderemos estar mais perto de você a cada Celebração.

Para os que ficam, jamais esqueçamos que a vida pode ser mais simples, amiga e feliz, como ela. Eis a nossa missão até que Ele nos chame.

Ziraldo, finalizando a belíssima obra “O Menino Maluquinho” conclui o que há em meu coração (adaptado a Sofia):

“E foi então que toda a gente descobriu que ela não tinha sido uma ‘menina maluquinha’. Ela tinha sido uma menina feliz!”

Até um dia!

13 comentários em “No mundo de Sofia”

  1. Parabéns pelo post! Felizes todos nós, escolhidos para viver esta experiência e ter a oportunidade de testemunhar tudo isto. Abraço fraterno.

  2. Olá tive a honra de estar presente na vida dessa adorável menina por dois anos, sendo que durante um deles (2015) fui abençoado em ser catequista dela… No início mais tímida nas perguntas, mas no final da preparação para receber a Santa Eucaristia, ela estava mais feliz e sabedora da importância do momento que a esperava: A comunhão com Jesus…
    Sentimos todos a perda e não entendemos ainda os mistérios que Deus nos reserva, mas cremos que tudo faz parte de algo muito maior que nosso pobre entendimento do agora…
    Cremos também que ela junto a Jesus e ora por todos nós!

  3. Amigo, lindas palavras. Que continues assim, profundo e simples. Que a querida Sofia interceda por nós e que sejamos mais alegres em nosso dia a dia. Fique com Deus!

  4. Querido!!!!! Que coisa linda!!! A pequena Soso só tem a nos ensinar, sim ela ensina gente grande, que fala difícil, cara séria ( pois essa fisionomia pode passar um ar de responsabilidade e tal), ensina a gente!!!
    Vamos simplificar, amar, sorrir, é isso que importa. Beijo.

  5. Que lindo! A pequena e doce Sofia foi e sempre será alegria e luz, até mesmo para quem não a conheceu. Estás junto ao Pai maior intercedendo por todos. Que Deus tenha você na Sua infinita paz!

  6. Que grandioso coração em entender que Deus nos confia seus anjos por algum tempo.
    Que Deus os conforte e a mãezinha lhes cubra com seu manto de amor .

  7. Lindas palavras, Lui querido!! Vamos nos amar mais, nos abraçar mais, nos ouvir mais. Beijo grande!!!

  8. Perder um filho é a maior prova pela qual um ser humano pode passar na vida. E continuar a ter fé em Deus depois disto, é ter a esperança de que um dia estará novamente ao lado desse anjo amado que Deus emprestou para enriquecer a vossas vida.
    Deus possa acalentar e confortar os vissos corações. Sinto muito!
    Abraços. Eliana.

  9. Lindas palavras, Lui.

    Que estes momentos vividos com ela, fiquem sempre gravados nos corações da família e dos amigos.
    Que sua partida possa nos deixar como mensagem essa alegria de viver que ela tinha, que vivamos sempre na alegria, amor e na simplicidade de aproveitar cada minuto ao lado dos nossos.

    Que o Anjinho Sofia esteja agora em plena comunhão com o Papai do céu, alegrando os habitantes da morada eterna.

  10. Olá! Não conheci pessoalmente a Sofia, mas sofri com sua partida tão prematura. Seu post reconforta a alma e por certo trará alento a todos os que choram por ela. Que os pais da pequena encontrem na fé o consolo para prosseguir na jornada.

    Minha solidariedade. Meu abraço.

  11. O anjo Sofia partiu para o reino do Pai. Entender o que aconteceu é impossível e só Deus tem a resposta. Mesmo que Ele explique talvez não entendamos, só sabemos que ela era um anjo especial e que deixou sua marca em todos nós. Ela está viva nas pessoas que receberam uma parte dela e ela viverá sempre em nossos corações . Que Deus dê forças a sua mãe , seu pai, sua irmá, seus avós e toda a familia para suportar esta perda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.