Os 4 fatores de crescimento + 2 limitantes de Startups

Novamente, citando a ótima newsletter sobre Startups e Venture Capital do Lucas Abreu. Vou trazer aqui pontos específicos, mas vale muito assinar a News e ler o artigo completo.

O post se refere a Blitzscalling, Startups que tem amplo crescimento em uma velocidade incrível.

Leia mais: “Blitzscalling” por Reid Hoffmann e Chris Yeh

Os 4 fatores de crescimento de Startups

#1 Tamanho de Mercado

-Quando o Tamanho de Mercado é pequeno ou de nicho, dificilmente justificará interesse de Fundos

-É preciso entender o TAM (Total Adressable Market) e como será o crescimento em 3-5 anos

#2 Efeitos de Rede ou Landsgrab

Efeito de Rede: valor do produto aumenta a medida que mais Users são adicionados (ex: Craiglist)

Landgrab: crescimento em mercado de oceano azul (ex: Slack)

#3 Distribuição

Alavancando redes existentes: vendas através de canais com volume (ex: Airbnb começou a vender via Craiglist)

Viralidade: usuários atraem mais usuários (ex: Robinhood, em que a principal fonte de aquisição é indicação)

#4 Margens Brutas

-Lucro bruto = Receita líquida – Custo do produto

-Margens brutas = Valuation maior = Atração de Fundos (mercado deseja margens brutas >60%)

-Ex. de Blitzscalling sem Margem bruta alt: WeWork (15-20%). Errou ao fazer Blitzscalling não tendo Margens brutas altas

Os 2 fatores limitantes de crescimento de Startups

#1 Falta de Product Market Fit

Leia mais: Product Market Fit: 4 sinais de que não está dando certo

-PMFit = Produto atender a necessidade dos usuários

-Ex: Groupon, tinha Mercado; Efeito de rede; Margens brutas altas; Distribuição viral; mas não tinha PMFit (experiência ruim pra vendedores-compradores) o que deteriorou o valuation

#2 Escalabilidade operacional

-Não adianta crescer sem saber lidar com crescimento

Limitações humanas: quando o modelo exige contratação de um “exército” de pessoas

Limitações de infraestrutura: quando não existe infra pra lidar com demanda do uso de clientes

-Ex: Twitter, de 2009 a 2012 “caía” muitas vezes. Reestruturou a rede para virar o jogo.

Exemplos finais de empresas que aplicaram Blitzscalling, ou seja, mercados grandes, com características winners take most, altas margens brutas, distribuição viral, com product market fit e sem limitação de escalabilidade operacional:

Slack, Uber, IFood, Rappi, Airbnb, Amazon, Linkedin, Faceboook.

Para mais artigos como esse, novamente: newsletter sobre Startups e Venture Capital do Lucas Abreu.

Espero que tenha sido útil pra você como foi pra mim! Até.

Sobre ficar alheio as coisas (2)

Tempos atrás escrevi “Sobre ficar alheio as coisas”.

No post, defendi sobre: “[…] não ser uma pessoa culpada por estar alheia a alguns elementos, mesmo que são/foram importantes pra você.”

Li uma excelente carta atribuída a Donald Knuth, escrito nos anos 2000 e aqui retomo o assunto.

O autor, professor de Ciência de Dados em Stanford, basicamente escreveu sobre o orgulho que tinha por não ter um endereço de e-mail desde 1990, e como estar alheio a isto o permite trabalhar. Um trecho interessante:

“E-mail é uma coisa maravilhosa para pessoas que querem estar super por dentro das coisas. Mas não para mim. Minha função no mundo é estar por fora das coisas”.

Adaptado a nossa época, acho que aqui entrariam as próprias redes sociais como escrevi no meu próprio post anterior. Ficar alheio é ótimo!

Segue a carta de Knuth na íntegra (em inglês):

Continuar lendo Sobre ficar alheio as coisas (2)

Responsabilidade Extrema: Como os Navy Seals Lideram e Vencem (Jocko Willink, Leif Babin) – Frases de Livros

Um ótimo livro sobre Liderança!

Se você pertence a gerações mais novas, que muitas vezes carecem de exemplos de liderança, exemplos de rituais, exemplos de responsabilidade diante dos liderados, esse livro vai lhe ser muito útil.

Virar a chave quando ocupamos cargos de liderança é algo crucial para quem quer ter sucesso nessa vocação – e aqui me refiro como sucesso, auxiliar os liderados a evoluírem e crescerem com seu apoio.

Disciplina é liberdade! Livro nota 10! Melhores frases:

  • Esses líderes assumiam toda a responsabilidade. Não arranjavam desculpas. Em vez de reclamar de dificuldades ou contratempos, desenvolviam soluções para os problemas. Eles alavancavam ativos, relações e recursos para concluir o trabalho. Silenciavam os próprios egos em prol da missão e de suas tropas. Esses líderes realmente lideravam.
Continuar lendo Responsabilidade Extrema: Como os Navy Seals Lideram e Vencem (Jocko Willink, Leif Babin) – Frases de Livros

Quais são os 5 componentes de Data Science?

Post original, de DataBaseTown.com, em tradução livre:

DATA

Dados são uma coleção de informação factual

tipos: Dados estruturados e não estruturados

BIG DATA

Big Data são sets de dados enormes, com os chamados “V”: volume; variedade; velocidade; visão; valor, etc.

MACHINE LEARNING

O aprendizado de máquina é um campo de investigação dedicado a entender e construir métodos que ‘aprendem’, ou seja, métodos que aproveitam dados para melhorar o desempenho em algum conjunto de tarefas.

Se divide em: supervised learning; unsupervised learning e reinforcement learning.

STATISTICS AND PROBABILITY

A fundação numérica de Data Science tem muito a ver com Estatística e Probabilidade, aplicadas, trazendo uma visão via insights e afins.

PROGRAMMING LANGUAGES

Geralmente, organização de dados e investigação são finalizadas por programação de computador (Python, R, etc.)

Até a próxima!

Product Market Fit: 4 sinais de que não está dando certo

Recentemente estou estudando bastante Product Market Fit.

Muito lemos sobre “os sinais de que está dando certo“: vendas, recorrência, mais volume, crescimento da equipe e afins.

Mas quais são os sinais de quando as coisas não estão dando certo? Cito 4:

  • Baixa adesão no “Sign up”, “Trial” ou registro inicial, por alguns motivos: a proposta de valor não resoou; a precificação está confusa; etc.
  • Sem “Wow moments” identificáveis, onde o cliente sabe o que há de especial no produto; seja a percepção de um 1o Valor; ou algo mais completo como chegar ao 1o Sucesso na solução
  • Quando chega a hora de pagarem, clientes fogem. Não perceberam afinal nem o 1o Valor
  • O Status Quo não é quebrado, não muda tão facilmente, portanto isso faz o cliente procurar outra solução que vire o jogo pra ele

Quais pontos você acrescentaria aí? Até!